O blog 2112 foi formado com intenção de divulgar as bandas clássicas de rock, prog, hard, jazz, punk, pop, heavy, reggae, eletrônico, country, folk, funk, blues, alternativo, ou seja o rock verdadeiro que embalou e ainda embala toda uma geração de aficcionados. Vários sons... uma só tribo!



domingo, 15 de maio de 2022

Homenagem se faz em vida: Lincoln Baraccat

Um dos maiores fotógrafos, músico, compositor, divulgador... além de ser amado e respeitado por uma galera de peso merece esta pequena homenagem. Fica faltando a entrevista... Quem sabe um dia acontece, não?      


Obs.: As fotos usadas foram retiradas do Facebook do próprio Lincoln e clicadas por Clarissa Lambert, Tina Svart, Lu Reis, Luiz Carlini, Luizinho Coruja, Vanderlei Bavaro, Billy Alb Dotos, Videoframe, Rafaella e Dih Baraccat, Egydio Zuanazzi e do próprio homenageado.  

Entrevista Os Diletantes

 

... com a volta dos shows após dois longos anos longe dos palcos eis que Os Diletantes retornam lançando o single Até o Amanhecer e o DVD gravado ao vivo durante a festa de comemoração dos quinze anos da banda. E lá fui eu bater um papo com o vocalista Estênio Bugrão. O resultado segue abaixo!!

2112. Após um período de hibernação, Os Diletantes retornam suas atividades lançando o single/vídeo "Até o Amanhecer". Como está a aceitação da música? A resposta tem sido positiva?

Estênio. Sim! A resposta tem sido muito positiva! O pessoal já cantou o refrão no primeiro show de apresentação da canção.

2112. Gostei muito do mix furioso de punk rock com rockabilly. Perfeita para abrir shows, não?

Estênio. A galera curte, tenho certeza que em qualquer parte do show, mas eu já acho que é uma canção para o último bloco, fechando com peso e deixando aquele gostinho de “quero mais”.

2112. Essa música surgiu em meio a improvisos no estúdio. Vocês fizeram outras gravações nesse mesmo esquema?

Estênio. Sim! Temos a canção " Ok Man!" Que foi no improviso com uma galera no estúdio, cada um dizendo uma frase.

2112. Apesar de já estar há quinze anos "on the road" vocês poderiam apresentar a banda e seus integrantes?

Estênio. Hoje a banda é formada por Estênio Bugrão, que vos fala aqui, nos vocais; Pepe Castro, nas baquetas; Saulo Simon, no baixo e Vince Velvet, na guitarra!

2112. Que bandas mais influenciam o som de vocês?

Estênio. Eu sou da praia de Beatles, Stones, The Who, Saulo curte Beatles, Chuck Berry, Elvis e Jovem Guarda, Pepe Castro já é mais chegado em Led Zeppelin e Ramones e Vince Velvet bebe na fonte do blues, jazz e muitas outras coisas. Unimos isto ao nosso gosto em comum pelo nosso rock gaúcho.

2112. Todos compõem na banda?

Estênio. Sim, todos compõem, dão ideias. Cada um dá sua contribuição para a música ser autenticamente “da banda”. Mesmo quando alguém chega com uma ideia já formada, cada músico se apropria de sua parte, daí vão surgindo as paradas, os ritmos, contratempos… enfim, a música vai fluindo em conjunto.

2112. Com a banda devidamente apresentada... me diz uma coisa: teremos lançamento de novos singles ou mesmo um álbum ainda este ano? O que vem por aí?

Estênio. Ainda em 2022 queremos lançar mais um clipe, compor canções novas e buscar algumas antigas que não foram gravadas lá dos primórdios da banda.

2112. Aos poucos o cenário vai retornando ao normal com os bares/teatros abrindo suas portas para os shows. Vocês estão prontos para cair na estrada?

Estênio. Sim, vamos tentar fazer o máximo de shows possíveis este ano! Apesar de estar minimizado o espaço para som autoral, principalmente no seguimento do rock, estamos na luta para fazer acontecer a cena.

2112. A banda pretende fazer alguma live?

Estênio. Nunca fizemos live, e não pretendemos fazer. Os Diletantes são alimentados pela energia da galera na frente do palco, é disso que gostamos, é pra isso que tocamos.

2112. Onde eu moro existe poucas bandas autorais... é mais no esquema das famigeradas covers. E na cidade de vocês a cena autoral é atuante? Tem muitas bandas e locais para tocar?

Estênio. Em Sapucaia, Esteio e Canoas temos muitas bandas autorais, gurizada unida. Tem um público fiel aqui da cena underground que curte ir a shows em bares, shows de rua e praças!

2112. Fazer releitura é uma coisa, fazer cover é outra coisa... não tem a mesma dimensão. Bandas covers na minha opinião restringem o espaço que seria das autorais. O que vocês pensam sobre o assunto?

Estênio. Bah meu, nós da banda fazemos as duas coisas. Quando não estamos juntos estamos em algum projeto cover para faturar uma graninha, então não posso criticar o cenário cover. Mas com certeza são poucos os espaços para a cena autoral infelizmente.

2112. Acho muito foda quando alguém "descontrói" por completo uma música e a "reconstrói" segundo a sua própria visão. Aí o assunto é outro, não é?

Estênio. Eu chamo de versões esse reconstruir. A Diletantes não faz isso, mas acho muito válido quem faz. É muito bacana quando o músico deixa sua assinatura.

2112. O show comemorativo dos quinze anos da banda foi todo gravado. Vocês pretendem lançar esse material?

Estênio. Sim, o DVD será lançado em maio próximo.

2112. Como foi realizada a escolha das músicas?

Estênio. A ideia foi aproveitar as 11 músicas que gravamos no nosso único disco em 2011 e mais 2 canções novas: "Banquinho do Gasômetro " e " Até o Amanhecer ".

2112. O show contou com as participações especiais de Luciano Preza (Preza, Cartolas), Rodrigo Rysdyk (Love Chaleira), Geison Baracy (Baracy e Os Miseráveis), Luciano Tatu, Caroline Ribeiro e Sandra Enes. Foi uma grande festa, não?

Estênio. Foi uma grande festa! O pessoal super lotou o bar, estavam com saudades da banda e desse tipo de festa. Foi uma noite memorável e contar com a participação desses músicos abrilhantou nosso show.

2112. Falando em Geison Baracy, assisti há poucos dias um show via YouTube da banda Baracy e Os Miseráveis e achei super bacana. Sempre achei as bandas o sul do c*. Parabéns para vocês!!!

Estênio. O Baracy é fantástico, baita artista. Tive oportunidade de tocar contra baixo pra ele uma época. Aquela pegada brega, jovem guardista é demais!!!

2112. Quais vocês indicariam como bandas interessantes atualmente no cenário de vocês?

Estênio. Bandas do cenário autoral que indico é a "Cor do Invisível" de Canoas, "Lokos de Bira" e "Hermano Chiapas" ambas de Esteio.

2112. E para terminar parabéns pela bela regravação e o próprio vídeo de "A Garota do Bar". Ficou super bacana!!

Estênio. Muito obrigado pelo elogio. Ficamos felizes com o resultado do vídeo, mas mais felizes quando recebemos um feedback positivo do público.

2112. Qual e-mail/telefone para contratação do show de vocês?

Estênio. Estênio. E-mail: osdiletantes@gmail.com e Whatsapp: 51992656705

2112. ... o microfone é de vocês!

Estênio. Primeiramente gostaríamos de agradecer essa oportunidade de divulgar nosso trabalho aqui, como já comentamos acima, o espaço para o som autoral é pequeno e ter quem apoie, é muito legal. Em segundo lugar, queria deixar registrada aqui a alegria que sentimos pelo público que acompanha Os Diletantes, desde sempre. A gravação do DVD foi demais, porque estavam lá, pulando, cantando e nos alimentando com sua energia. E como uma última informação, pretendemos fazer a gravação desse registro em vinil, para isso devemos abrir a pré-venda para angariar fundos. Breve, novidades! No mais, seguimos na luta. Isso é roquenrou, baby!!!

 

Obs.: Todas as fotos foram cedidas pela banda.